Castelos em que Ana Bolena passou [Parte 2]

Sudeley Castelo, perto de Winchcombe Gloucestershire

O Palácio de Sudeley, perto de Winchcombe Gloucestershire, foi uma das residências do rei Henrique VIII e a rainha Ana Bolena, que também visitou o castelo. Eles foram alojados no castelo junto com seus servos. Ana Bolena a visitou como oportunidade para investigar a relíquia do Sangue Sagrado, próximo da Hailes Abbey. Alegou-se que em 1270 esse lugar tinha sido presenteado com o sangue de Cristo e desde então se tornou um dos lugares mais populares de peregrinação do país. Em investigações, foi descoberto que o sangue que estava lá era na verdade sangue de pato. Ana Bolena informou isso a Henrique e ele imediatamente ordenou que a relíquia falsa fosse removida. 

Após a morte de Henrique VIII, seu filho Eduardo VI, deu Sudeley ao seu tio, Thomas Seymour. Thomas então casou com Catarina Parr e mudou-se para o castelo acompanhado por sua aia, Lady Jane Grey.

Em 30 de agosto de 1548, Catarina Parr morreu com 36 anos dar à luz a uma filha, Maria.

A vida de Thomas também foi curta, pois em 20 de março de 1549 foi executado por traição e outros crimes contra o Rei e a Coroa.

William Parr, o irmão mais velho de Catarina, ficou como dono do castelo por pouco tempo. Ele foi despojado de seu título e teve sua propriedade retirada após ter sido envolvido na tentativa falha de fazer Lady Jane Grey como rainha da Inglaterra.

Em 1554, a Rainha Mary deu Sudeley a Sir John Brydges, o Tenente da Torre, que assistiu a execução de Lady Jane Grey. Ele o manteu em sua família por 100 anos.

A Rainha Elizabeth I também visitou Sudeley em várias ocasiões e participou de uma festa magnífica de três dias em 1592 para marcar o aniversário da derrota da Armada Espanhola.

De tempos em tempos o castelo é aberto para visitantes.

Castelo de Thornbury, no Sul de Gloucestershire.

Thornbury é o único castelo Tudor da Inglaterra que é aberto como um hotel.Ele está situado em Thornbury, no Sul de Gloucestershire.
Em 1508, Edward Stafford 3º Duque de Buckingham, obteve licença para construir um castelo nesse local. Ele não foi projetado para servir como fortaleza e tinha apenas o mínio de atributos defensivos.

Infelizmente, antes que o castelo tivesse terminado de ser destruído seu primo distante,Henrique VIII, ordenou sua execução alegando traição em 1521.

Após a execução do Duque, o Rei confiscou o Castelo e em 1535 ele e sua esposa, Ana Bolena, ficaram em Thornbury por dez dias. Maria Tudor também passou um tempo no Castelo e após sua morte o castelo foi devolvido aos descendentes do falecido Duque. Nos próximos dois séculos, o castelo estaria desocupado e caiu em desuso.

Em 1824 a família Howard renovou o castelo que hoje é um hotel de luxo de 26 quartos.

O castelo Thornbury permite a seus visitantes caminhar pelos mesmos lugares que reis e rainhas caminharam, e ainda dormir no mesmo quarto em que Henrique e Ana dormiram durante sua visita.

Além disso, o castelo possui uma igreja, chamada St. Mary. Provavelmente Ana e Henrique visitaram a igreja durante sua estadia.

Windsor Castle, em Windsor, condado de Berkshire

O Castelo de Windsor é antigo, e por mais que não tenha tinha notícias de Ana com ele, ela o visitou em várias ocasiões. Falando concretamente, foi no Castelo de Windsor que Ana Bolena recebeu o título de marquesa de Pembroke. Foi uma cerimônia presenciada por muitos membros da nobreza. Fosse ou não esse título dado a Ana como modo se melhorar seu status para que Henrique casasse com ela ou como um presente por Ana ter esperado tanto pelo divórcio dele com Catarina, talvez tenha sido uma combinação de ambos.

A maior parte dos Reis e Rainhas da Inglaterra tiveram uma influência direta na construção e evolução do castelo, o qual tem sido a sua fortaleza de guarnição, residência, palácio oficial e, por vezes, a sua prisão. A história do castelo e a da monarquia britânica estão inextrincavelmente ligadas. Cronologicamente a história do castelo pode ser traçada a partir dos reinados dos monarcas que o têm ocupado. Nas épocas de paz, o castelo tem sido expandido pela adição de grandes apartamentos; nos momentos de guerra, o castelo foi fortificado mais pesadamente. Este padrão tem sido continuado até ao presente.

Torre de Londres

Se você procura um lugar que têm fortes ligações como Ana Bolena, não pode esquecer da Torre de Londres. situado no centro de Londres, na margem norte do Rio Tamisa, ele têm estado lá por mais de 900 anos e já foi um palácio real, prisão, fortaleza, local de execução, uma casa de jóias e um arsenal. Foi lá onde Ana Bolena ficou nas vésperas de sua coroação em 1533. Lá também ocorreram várias celebrações e festas com Henrique VIII antes de sua coroação. Ao contrário do que se pensa, não resta quase nada do lugar onde Ana passou esses dias memoráveis.

Em contraste com sua coroação, a Torre também foi o local onde Ana ficou presa e foi executada. Na época vitoriana, acreditava-se que Ana ficou no Quarto da Rainha, mas agora sabemos que isso não é verdade, pois eles foram construídos após sua execução. Esta informação falsa foi dada apenas para que o público pudesse conhecesse onde que Ana ficou.

Ana Bolena foi a primeira mulher do reinado Tudor a ser decapitada por traição. Ela foi seguida por outras quatro mulheres: Margaret Pole, condessa de Salisbury o (1541), Catherine Howard (1542), Jane Bolena, viscondessa de Rochford (1542) e Lady Jane Grey (1554).

A Capela Real de São Pedro ad Vincula, situada na Torre, é o lugar de descanso de Ana.A capela foi reconstruída em 1519-1520, e é também o local de sepultamento de alguns outros prisioneiros muito famosos da Torre, incluindo: Catherine Howard, Jane Grey, Sir Thomas More e o bispo John Fisher.

Após a execução de Ana, suas damas de companhia cobriram sua cabeça em um pano branco e envolveram seu corpo em um lençol. Ela foi então colocada em uma caixa de olmo e enterrada em uma vala comum, perto de seu irmão Jorge.

Para todos os fãs de Ana Bolena a Torre é um lugar imperdível. É uma oportunidade de chegar o mais perto possível dos restos físicos de uma mulher notável e corajosa e prestar homenagens a sua vida. É também oportunidade de explorar um espaço que teria prendido as memórias de Ana.

Traduzido do artigo 'Anne Boleyn Places' escrito por Natalie Grueninger.
Anúncios

3 comentários sobre “Castelos em que Ana Bolena passou [Parte 2]

  1. O texto diz que Ana Bolena ficou na torre nas vesperas da sua coroação em “1553”??? a Data não confere.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s