Castelo Kenilworth exibe retrato misterioso de Elizabeth I

A pintura da Rainha Virgem que parece mostrar ela segurando um pequeno ramo de rosas oculta, na verdade, a imagem de uma serpente. A pintura passou a ser exibida ontem, num empréstimo de três anos da National Portrait Gallery.
Ele apresenta os visitantes a fascinante história da pintura, que só vêm à luz graças as mais recentes tecnologias raios-x e infra-vermelho. Acredita-se que o retrato foi pintado na década de 1580 ou 1590 por um artista desconhecido.
Embora a versão final retrate a Rainha segurando um pequeno ramo de rosas, ao longo dos anos têm sido revelado o esboço de uma serpente que teria sido parte do projeto original, e especialistas acreditam que a rosa foi pintada nos estágios finais da pintura.
D. Susan Jenkins, curadora sênior do Patrimônio Inglês para projetos espciais disse “Na época em que foi pintado, a serpente era às vezes usado para representar sabedoria, prudência e julgamentos justos, todos os quais grandes qualidades de uma rainha. Mas ela também era usada para representar o diavo e o pecado original, e por isso é possível que a decisão tenha sido tomada para remover a ambiguidade durante os últimos estágios da pintura. Os visitantes que olham para a pintura hoje podem ver tanto a rosa quando os contornos da serpente”.

Fonte: Coventryt Telegraph

Anúncios

Um comentário sobre “Castelo Kenilworth exibe retrato misterioso de Elizabeth I

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s