Falcão de Charles Brandon revela hábitos de caça

_69458742_2acafff3-2e16-41e0-9ddc-ae6da72ee8c4Uma prata real rara do século 16 achada em um campo de Norfolk releva os hábitos de caça de Charles Brandon, o 1º Duque de Suffolk. O anel de 23mm (0,9in), encontrado em dezembro, era usado por uma ave de rapina em torno de seu pé para identificar o seu dono.

Adrian Marsden, do Norwich Castle Museum, disse: ‘É raro encontrá-los ligados à realeza. Brandon casou-se com a irmã de Henrique VIII, e por carregar as armas do Duque podemos datar seu tempo de vida’.

 

Charles Brandon, nascido por volta de 1483, tornou-se amigo de Henrique VIII e casou com sua irmã, Maria Tudor, por volta de 1514. A ave carrega as armas reais em um lado do anel e as armas de Brandon de outro.

Marsden disse que O Duque deveria ter estado na área de Colney, nos arredores de Norwich, onde o anel foi encontrado por entusiasmados detectores de metais.

‘Nós já sabemos que Norwich era um lugar muito importante na época, apesar de seus dias de glória estarem começando a chegar no final no século 16. Brandon provavelmente caçou aqui em um número de ocasiões, de modo que esta pode ter se desprendido em uma das visitas, só sabemos que foi em algum lugar entre 1520 e 1540. Ele provavelmente estava apenas caçando em sua própria área, não há razão para suspeitar que ele estava simplesmente visitando seus amigos, e ele poderia muito bem estar caçando com o rei – nós simplesmente não sabemos – está perdida nas brumas do tempo’.

O Norwich Castle Museum tem uma coleção de aves de rapina maior do que o Museu Britânico e, caso a peça que pesa 202g for declarada tesouro, o Museum provavelmente tratará de comprá-la.

Charles Brandon, cerca de 1510-1530.

‘Nós identificamos milhares de peças de metal trabalhadas em Norfolk todos os anos mas a maioria são anônimas – com esta aqui estamos em uma área diferente’, disse Marsden. ‘Nós sabemos quem era o dono, quem perdeu, é uma coisa muito pessoal’.

As descobertas de anéis são incomuns, uma vez que a ave normalmente era recuperada caso morresse durante uma caçada. Ele está agora no Museu Britânico, esperando por um inquérito pelo legista de Norfolk.

‘Temos que assumir que o pobre falcão encontrou seu fim em pleno ar enquanto voava perto de Colney e caiu por terra’, disse Marsden. ‘Você presumiria que seria encontrado, mas talvez ele caiu em um arbusto ou uma área de árvores, de modo que o falcão apodreceu e o anel encontrou seu caminho para o solo em um campo arado’.

Fonte: BBC News

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s