Três cartas assinadas por Henrique VIII e uma por Henrique VII estão a venda

Nesse momento, nada mais nada menos do que três documentos manuscritos assinados por Henrique VIII e um assinado por Henrique VII estão a venda em leilões online. Um deles foi emitido para John Heron, emprestando £ 1.500 para Richard Tresgin, Mercador da Cidade de Londres. O documento está em uma moldura com o retrato do rei em um tamanho total de 27.5 x 15. Duas áreas do papel foram habilmente restauradas, e o último lance dado foi de $23.309 (cerca de R$53.272)

Em uma tentativa de modernizar a arrecadação da receita real e manter as finanças da Inglaterra em movimento, o cargo de tesoureiro se tornou o mais importante no reino de Henrique VII. Selecionado pessoalmente pelo rei por sua confiabilidade e perspicácia, Sir John Heron foi nomeado Tesoureiro Real em 1492. Ele ajudou a quadruplicar a receita de propriedades reais, além de reformas as finanças domésticas do rei. Servindo também como Supervisor da Alfândega do Porto de Londres, Escrituário dos Lucros do Grande Selo e Escrituário da Casa da Jóia, Heron continuou como Tesoureiro durante o reinado de Henrique VIII, trabalhando ao seu lado no dia-a-dia até sua morte em 1521.

O segundo documento também é endereçado a John Heron, mas desta vez o rei Henrique VIII lhe informa um empréstimo para Sir Richard Grresham, um financiador da coroa e uma figura extremamente influente. O documento data o ano de 1513 – momento em que o rei invadiu a França. A soma de dinheiro envolvida é considerável: £637. Na época do empréstimo, Richard tinha 29 anos e esse empréstimo permitiu que ele fundasse a Casa Gresham, uma das casas financeiras mercantis mais célebres do século 16. O documento fez parte da coleção de Sir Thomas Philipps, homem que acumulou a maior coleção de material manuscrito no século 19; e está a venda por £65,000.00 (cerca de R$233,732).

O terceiro item, à venda por £90,000.00 (cerca de R$323.628,00), é uma petição assinada por Henrique VIII como ‘Henry R’. A assinatura está em um lugar de destaque neste documento excepcionalmente grande de  20″ x 11.5″ e em bom estado. A petição de John e Dorothy Wingfield para o rei solicita o direito de arrendamento dos conventos de Woodbridge e Haspeley, a reitoria de Woodbridge e as posses dos conventos de Woodbridge, Martlesham, Great Bealings, Hasketon, Grymmesborough, Haspeley e Brandeston. O documento foi assinado por ‘Henry’, sugerindo que foi assinada após a Reforma, pois antes disso ele assinava ‘Henri’.

Henrique VIII é reconhecido mundialmente devido ao seu papel nas mudanças historicamente importantes na Igreja Católica, de modo que não é surpreendente que os itens relacionados a ele sejam muito procurados por historiadores e colecionadores. Também são muito raros os documentos vendidos em leilões, uma vez que a maioria esmagadora dos documentos do reinado de Henrique VIII são mantidos em instituições como a Biblioteca Britânica, o Arquivo Nacional e o Museu Britânico.

O terceiro documento é o mais antigo. Datado de 1499, é endereçado a Sir Robert Lytton, está claramente identificado por ‘HR’, Henrique VII, o primeiro monarca da Casa Tudor. A peça, que mede 7.7″ x 3.5″ é acompanhada por uma tradução integral da carta e está a venda por £29,995.00 (cerca de R$107.858,00).

Fontes: Paul Fraser Collectibles [1] [2] [3] e RR Auction.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s