Gastando mais de £500 mil euros em compras e reformas, homem vive como um Tudor

hendy (6)Alastair Hendy, de 52 anos, passou os últimos cinco anos restaurando sua casa Tudor em Hastings. Primeiro ele tirou a cozinha equipada do morador anterior, enrolou os tapetes, rasgou o assoalho e removeu cada centímetro do gesso, papel de parede, cromos, vidros, plásticos, nylon e outras engenhocas – basicamente, qualquer coisa que Henrique VIII não estivesse acostumado. Ele passou então milhares de horas e centenas de libras transformando sua casa normal em uma habitação comum do século 16.

Pode-se ver, por exemplo, no seu banheiro, um banheira de madeira, forrada com chumbo e decorado com uma vela. Hendy contou os detalhes de como o chão do banheiro teve que ser nivelado para que a água não escorresse para todos os lados. Em seguida, três vigas de metal reforçado tiveram que ser inseridas, pois o chão não aguentaria o peso de uma banheira revestida de chumbo preenchida com água.

Embora pareça desconfortável, Hendy diz que é completamente possível descansar e ler um livro de Shakespeare na banheira – e parece chocado quando sugerem que ele use um travesseiro inflável nas costas.

A casa, que já foi um necrotério onde hoje é a cozinha, é um trabalho verdadeiramente extraordinário – ou louco. Tudo foi cuidadosamente escolhido, artisticamente disposto e ajustado. John, um advogado trabalhista e parceiro de Hendy, ficou horrorizado quando ele comprou a casa (por £270,000), e diz que não gosta de ficar lá por muito tempo, pois é ‘desconfortável’. A principal parte da casa foi construída na época da Armada Espanhola, em 1588; a cozinha é de 1400, antes de Cristóvão Colombo partir para as Américas. O objtivo, explixa Henry, era recriar uma casa exatamente como era em 1600. Ainda há aquecimento e encanamento: um do século 18 e o outro do século 19, embora os interruptores de eletricidade sejam do início do século 20. ‘Estranhamente, as pessoas não percebem isso. Eles perguntam o que eu faço com a luz’.

‘Quando o homem do gás vem ler o medidor [escondido em um armário secreto na porta dos fundos], ele acha que é tudo um pouco estranho’. A última vez que Hendy abriu as portas de sua casa para o público, uma mulher perguntou, enquanto saia, quando ele começaria a restauração. ‘Eu lhe disse que já tinha feito isso – que tinha levado cinco anos para chegar a este ponto. Ela me olhou horrizada’.

A casa é, sem dúvida, extraordinária, e apesar de muito frio, não há o ‘ar’ de necrotério (embora um dos pedreiros uma vez alegou ter ouvido passos fantasmagóricos). Mas é difícil imaginar o que você faria aqui. Não há livros, revistas, quebra-cabeças, wifi, televisão ou rádio. ‘É melhor com os amigos, no inverno’, insiste Hendy. Com o benefício da retrospectiva, ele pensa que pode ter se tornado um pouco obsessivo na sua busca de seu sonho Tudor. ‘Custou muito e tomou uma enorme quantidade do meu tempo. Mas isso é porque eu sempre quis ir longe demais’.

A casa Tudor de Hendy é aberta aos públicos nos sábados e domingos, cujas entradas podem ser reservados por email.

Veja mais fotos da Casa Tudor de Hendy:

 hendy (1)  hendy (2)
 hendy (3) hendy (4)
 hendy (5) henry 7

Fonte: Daily Mail

Anúncios

Um comentário sobre “Gastando mais de £500 mil euros em compras e reformas, homem vive como um Tudor

  1. Outro adepto deste curioso ideal de restauração “ao natural” é de nós conhecido – o Príncipe de Gales, Charles. E o seu gosto influencia municipalidades inteiras, para horror de muitos arquitetos ingleses.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s