Sempre no meu coração

“A música lenta adequava-se tanto a Artur, digno demais, quanto a Kati, grávida. Edmund não disfarçava o alívio ante a cintura engrossada da rainha. Mais um herdeiro para a Inglaterra, mais um príncipe entre ele e a armadilha do trono. A dança seguinte seria uma corrente. Edmund estendeu a mão à cunhada Madeleine, convidando-a a espantar a tristeza ao som da música animada. Mas Harry apoderou-se da mulher primeiro, conduzindo-a á pista de dança. Madeleine lançou ao cunhado um olhar agradecido. Mais do que ninguém. Edmund sabia como manipular aquele irmão”. (página 31).

sempre

A história se passa na Era Tudor, mas em um momento fictício, pois nesta história Artur Tudor não morreu: ele reina junto de Catarina de Aragão e Henrique Tudor é só o “irmão do Rei”. O personagem principal desta história é Edmund Tudor, filho de Henrique VII e Elizabeth de York (que, na verdade, morreu com pouco menos de um ano de idade).

Durante o livro, Henrique geralmente chamado de Harry (um apelido da época para “Henry”), e é casado com uma mulher chamada Madeleine de Angoulême. Não sei se a personagem é fictícia, pois a única mulher com esse nome que pude encontrar foi uma filha ilegítima de Carlos, Conde de Angoulême, que morreu em 1543. Curiosamente, Henrique vive traindo sua esposa e tem muita inveja de Artur.

Nome do Livro no Brasil: Sempre no meu Coração
Nome Original: Prince of Hearts
Escrito por: Katy Cooper
Publicado no Brasil em: 2001
Editora: Nova Cultural
Nº de Páginas: 219

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s