Ana Bolena assistiu a execução de seu irmão?

No dia 17 de Maio de 1536, George Bolena e os outros homens acusados de serem amantes de Ana foram levados à Tower Hill e executados. O embaixador espanhol Chapuys escreve:

A concubina viu-os sendo executados na Torre, para agravar sua dor.

Isso implica que alguém fez o esforço cruel de forçar Ana a assistir seu amado irmão morrer, atormentando ainda mais uma mulher condenada. No entanto, é pouco provável que isso tenha acontecido. Ana não poderia ter visto o que aconteceu em Tower Hill de seus alojamentos.

o mapa marcadoO mapa ao lado mostra como a Torre era na época de Ana. Os apartamentos reais, onde Ana estava, estão marcados de vermelho.  Desde que Chapuys acaba sendo a única fonte para esta afirmação mesquinha, parece que ela pode ser desconsiderada de forma segura. Já Thomas Wyatt foi preso na Bell Tower, mercado de roxo no mapa. Seu poema relata que viu o que aconteceu naqueles “dias sangrentos”, mas ele provavelmente também não conseguiu ver a execução através da janela de seu quarto:  é provável que ele tenha visto o local onde foi erguido o andaime para que Ana Bolena fosse executada, onde está marcado um “X” preto. A seta azul marca a capela St. Peter ad Vincula, onde Ana e George foram posteriormente enterrados; e a seta verde mostra a  Coldharbor Gate, sobre a qual Ana teria que ter andado para ir até o cadafalso.

Para que Ana pudesse assistir as execuções, os funcionários da Torre teriam que ter movido Ana dos Apartamentos da Rainha, aonde ela estava no canto sudeste da Torre; para um quarto no lado norte ou oeste da Torre, onde ela poderia ver a Tower Hill. Kingston, que escreveu cada palavra de Ana, não menciona que ela tenha sido transferida para testemunhar a execução. Ele não fez nenhum registro de que Ana tenha sido forçada a assistir, e isso obviamente teria feito ela comentar alguma coisa. Parece mais provável que se ela tivesse testemunhado, teria comentado algo sobre como seus irmão e os outros morreram bravamente.

Os registros de Kingston mostram que, ao ouvir sobre a execução de Mark Smeaton e que ele não tinha se retratado de sua confissão, Ana disse: “Ai de mim! Será que ele não, então, me liberou da vergonha público que ele me trouxe? Infelizmente, temo que sua alma sofra por suas falsas acusações!”. Ao saber dos outros quatro homens, Ana disse:

“Mas para o meu irmão e aqueles outros, não tenho dúvidas, que eles já estão na presença desse grande Rei diante a quem eu estarei amanhã.”

Ela não fez nenhuma menção de ter testemunhado as execuções, embora tenha se queixado, de acordo com o embaixador Chapuys, de que “ela não tinha sido executada na quarta-feira com o seu irmão, dizendo que ela esperava ter ido ao paraíso com ele”.

Bibliografia:
LISSA, Bryan. “Did Anne Boleyn Watch her Brother’s Execution?“. Acesso em 24 de Abril de 2015.
GRUENINGER, Natalie. “17th May 1536- Execution of George Boleyn“. Acesso em 24 de Abril de 2015.

Anúncios

3 comentários sobre “Ana Bolena assistiu a execução de seu irmão?

  1. Viver na corte de Henrique VIII era muito perigoso, a qualquer momento poderia sobrevir uma pena de morte. Thomas Cromwell abusou da sorte e foi mais um a ser executado, assim como Thomas Morus e tantos outros em ocasiões diferentes.

  2. “Mas para o meu irmão e aqueles outros, não tenho dúvidas, que eles já estão na presença desse grande Rei diante a quem eu estarei amanhã.”

    Que palavras! Ela parece ter encontrado conforto em sua inocência, paz em seu espírito! Que o grande Rei tenha lhe glorificado com muita luz, Ana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s