A influência de Elizabeth I e Henrique VII em Daenerys Targaryen

elizabeth e henrique vii

Muitos já sabem que George RR Martin se inspirou na Guerra das Rosas quando começou a escrever seus livros. Nesse site já foram feitas duas comparações: entre Elizabeth de York e Sansa Stark e entre Margaery Tyrell e Cersei Lannister e Ana Bolena.  A decisiva Batalha de Bosworth Field, a última da Guerra das Rosas, deixou Ricardo III morto e colocando Henrique Tudor no trono. De forma alguma Crônicas de Gelo e Fogo é um remake fantástico desses eventos históricos, mas é difícil não notar personagens e pequenos acontecimentos da História que influenciaram de alguma forma os personagens da série.

Á primeira vista, Daenerys Targaryen e Henrique Tudor não poderiam ser menos parecidos fisicamente. Mas Henrique era um jovem astuto e ambicioso que acredita no fundo de seu coração em seu direito ao trono. E é aí que as semelhanças começam. Henrique acreditava que tinha direito ao trono porque sua mãe era descendente de Eduardo III, enquanto o meio-irmão do pai dela era Henrique VI – Daenerys ouviu coisas similares sobre Westeros por seu irmão, Viserys, incutindo assim sua crença inflexível de que o Trono de Ferro é dela por direito.

Henrique VII nasceu Henrique Tudor, filho de Edmund Tudor e Lady Margaret Beaufort. Como Daenerys, Henrique nunca conheceu seu pai, porque ele morreu três meses antes do seu nascimento. Mas, mais importante do que isso era a herança de sua mãe. Ambos Daenerys e Henrique cresceram perto do mar, onde esperavam pacientemente até que pudessem ter um exército para viajar através dos mares e tomar o que acreditavam ser deles. Esse parece ser inevitavelmente o caminho traçado para Denerys.   bandeiraOutra semelhança óbvia entre Daenerys e Henrique é sua conexão com dragões. Enquanto a bandeira dela é uma bandeira preta com um dragão de três cabeças, Henrique usou o dragão vermelho de Gales para sublinhar sua descendência galesa.

Passando sua infância no exílio e contando com a caridade de simpatizantes, Viserys ficou conhecido como “o rei mendigo”, um título zombeteiro que perpetuou sua amargura e crueldade. Elizabeth também ficou exilada durante um bom tempo, mas não de sua cidade – de seu título. A princesa cuja mãe foi executada ficou em desgraça e ilegítima, com suas governantas tendo que escrever para o secretário do rei para implorar por dinheiro.

Quanto à aparência, os rumores da beleza de Daenerys haviam se espalhado por todo o mundo criado pelo autor, sendo referida como “a mulher mais bonita do mundo”. Elizabeth I, quando jovem, foi amplamente conhecida por sua aparência. Mas à medida que crescia e envelhecia, sua beleza desapareceu e começou a ser cuidadosamente construída a partir de seus retratos, poesias e escritos dedicados a ela. Embora tivesse um corpo mortal envelhecido, a beleza e juventude de Elizabeth seriam para sempre reconhecidos. elizDesse modo, sua aparência era ambígua, mas o resultado da reputação das duas rainhas são o mesmo: isso aumentava a sua conveniência com um parceiro político, aumentava a lealdade inabalável dos homens que a serviam e melhoravam sua imagem como uma figura que o povo amava e seguia. Daenerys também tem a fama de ser conhecida como “a última Targaryen”, enquanto Elizabeth foi a última monarca Tudor. Outra semelhança entre as rainhas são os filhos – ou a falta deles. Enquanto Daenerys recebe a notícia de que nunca mais será capaz de ter um filho, ela se torna a Mãe dos Dragões, e encarna um papel de mãe para seu povo. O mesmo ocorre com Elizabeth – não com dragões, obviamente. Ao se recusar a se casar novamente, a rainha inglesa se declarou como mãe do povo inglês, moldando sua identidade para abranger os temas de maternidade e virgindade.

É crucial para a posição de Daenerys, assim como foi para Elizabeth, estabelecer uma imagem que representava suas realizações e capacidades, para que pudesse distrair e esconder dos outros que era apenas uma jovem mulher em um papel masculino. Sem filhos para seu reino, inteligentes e determinadas, a maior semelhança entre Elizabeth e Daenerys é que as duas mulheres estão em desacordo com o esperado de seu gênero na tentativa de cumprir o seu direito de primogenitura, em uma luta para formar uma imagem de si mesmas maiores do que a vida de forma a serem visivelmente fortes o suficiente para levantar uma nação. Embora sejam mulheres e personagens em seu próprio direito extraordinário, é a sua imagem que transcende a pessoa, tornando Daenerys Targeryen e Elizabeth I duas rainhas emblemáticas.

Bibliografia:
ADAIR, Jamie. Daenerys and Elizabeth I: Iconic Queens. Acesso em 28 de Maio de 2015.
Daenerys Targaryen and Henry (VII) Tudor. Acesso em 28 de Maio de 2015.
Is Daenerys Westeros’s Henry VII?. Acesso em 28 de Maio de 2015.

Anúncios

3 comentários sobre “A influência de Elizabeth I e Henrique VII em Daenerys Targaryen

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s