O coração de Jane Seymour foi enterrado separado do corpo?

altar hampton

Quando a Rainha Jane Seymour morreu logo após o nascimento de seu filho, o futuro rei Eduardo VI, em 1537, o rei Henrique VIII ordenou que seu coração fosse enterrado sob o altar de pedra que então estava no santuário da Capela Real. Seu corpo foi enterrado na Capela de St. George, em Windsor, três semanas depois.

Esse texto pode ser lido no site da Capela Real do Castelo de Hampton Court, e embora nenhum autor reconhecido mencione o caso livros, a aparente causa do coração da Rainha Jane ter sido enterrado separado do seu corpo foi de que a rainha, tendo completado a sua “obrigação dinástica” de entregar ao rei o seu tão desejado herdeiro, tenha podido ter seu coração enterrado em Hampton Court, que foi também onde Eduardo nasceu.

Apesar de parecer bizarro para nós hoje, o enterro de corações separados do corpo eram bem comuns entre a aristocracia européia na Idade Média e além. A prática ficou muito popular durante as cruzadas, porque era muito mais fácil transportar um coração para a Europa do que um corpo morto. Na Europa se tornou comum para Reis e Rainhas terem seus corações enterrados em locais diferentes de seus corpos – esses lugares geralmente eram um local em que eles gostavam em vida. Entretanto, existe apenas o registro confirmado de outra Rainha que tenha feito tal ação: Eleanor de Castela, esposa de Eduardo I, foi enterrada na Abadia de Westminster, mas seu coração foi para o Mosteiro de Blackfriars, em Londres – ou seja, no único registro de uma Rainha que teve o coração enterrado separado do corpo, não existe menção se foi porque ela tinha dado filhos ao Rei ou simplesmente porque apreciava o mosteiro.

O enterro de corações se tornou menos prático durante o século 17, principalmente por causa de práticas religiosas associados aos jesuítas e a outros grupos reformadores – alguns estudiosos pensavam que o coração eram simbolismo.

Ao ser questionado sobre o coração de Jane, o curador da Capela de Hampton Court disse que acredita sim que o coração de Jane está enterrado sob o altar, mas isso não pode ser provado sem uma escavação sobre um ponto específico do local. Próximo do altar, existe uma placa dizendo:
Rascunho de Jane

“Apenas alguns dias mais tarde [depois do batismo de Eduardo VI], foi envolta em um pano preto para lamentar a morte de mãe de Eduardo, Jane Seymour. Seu coração pode estar enterrado aqui.”

Ou seja, apesar do curador da Capela afirmar que eles acreditam que o coração de Jane está lá, outra placa afirma que isso não é uma certeza e sim uma possibilidade. Levando em consideração tais evidências, é realmente possível que o coração de Jane tenha sido enterrado em Hampton Court, separado do seu corpo na Abadia de Westminster (embora nenhum registro contemporâneo mencione o fato), mas é improvável que tal coisa tenha sido feita apenas porque ela completara seu ‘dever dinástico’ – é mais provável que, sendo a Capela Real, Henrique VIII gostaria de ter por perto pelo menos uma lembrança da única Rainha que lhe deu seu tão desejado filho.

Bibliografia:
The Altar. Acesso em 8 de Junho de 2015.
Jane Seymour’s heart. Acesso em 8 de Junho de 2015.
10 People Whose Hearts Were Buried Separately From the Rest of Them. Acesso em 8 de Junho de 2015.

Anúncios

8 comentários sobre “O coração de Jane Seymour foi enterrado separado do corpo?

    • Obrigada! Você também pode se registrar no Fórum, onde além de discutirmos questões específicas que dificilmente poderiam fazer uma discussão em um site ou rede social, você também pode ter acesso a filmes, séries, livros românticos e acadêmicos, tanto em inglês quanto em português, sobre os Tudor. Isso sem contar a oportunidade de interagir com outras pessoas que gostam do mesmo assunto que nós, podendo assim ampliarmos nosso conhecimento acerca desse período. Atualmente, o fórum foi expandido para abranger discussões sobre outros temas históricos, tais como a Dinastia Plantageneta. Espero que se registre e interaja conosco,
      http://boullan.forumeiros.org/

  1. Com a minha sensibilidade do século XXI, fico muito incomodada com essa “tradição”. Pra vocês, historiadores, qual e a explicação mais aceita pra separar os órgãos, coração especialmente, dos nobres? Fico desconcertada.

    • Joara, eu como historiadora acho muito legal o fato delea terem feito isso nela depois de morta (e não terem arrancado seu coração enquanto ainda estava viva, como em alguns rituais na América latina, por exemplo). Não sei se é insensibilidade da minha parte, mas eu vejo que como era um costume da época era normal para eles, assim como é normal para algumas tribos indígenas brasileiras a mulher ter que ter fio por fio de cabelo arrancado antes de ser considerada ‘mulher’ , ou um rapaz deixar suas mãos serem picadas por formigas.

      • Entendo o que você quer dizer e concordo. Mas reformulando a minha pergunta, o que representava pra eles? Porque praz populações indígenas há explicações, uma simbologia. Queria entender o ponto de vista da época justamente pra não continuar desconcertada, já que o costume seria inserido num contexto que faz sentido. Não considero nenhum povo ou época particularmente superior, e só o costume mesmo que não vejo sentido e gostaria de saber a explicação. Seria uma forma de homenagem? Realmente não entendo.

        • Ah, sim, , está escrito no texto. Apenas rainhas consortes que tiveram filhos homens poderiam ter essa ‘honra’ de ter o coração enterrado próximo ao altar ;)

          • Então, perdão. Normalmente não comento sem ler. Mas era uma coisa que sempre chamou minha atenção e nunca vi explicação. Aí quando vi o link fiz a pergunta sem ler o texto, está até separado pra ler mas ainda não tive tempo. Obrigada pelo esclarecimento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s