O Livro de Oração de Catarina de Aragão

salterio 1O Livro de Oração, também conhecido como Saltério Bohun, é um dos maiores tesouros da Universidade de Exeter. O livro foi originalmente para Humphrey de Bohun (1342 – 1373), neto de Eduardo I, por monges das terras de Bohun em Pleshey, em Essex, e é um dos melhores exemplos de manuscritos iluminados ingleses do século 14.

Ainda em sua encadernação original de damasco dourado, o livro de salmos tem 125 folhas de pergaminho, decorado com cenas e iluminações ricas que contam histórias bíblicas, como Noé e a Arca.

Antes de pertencer a Catarina de Aragão, o livro era de sua sobra , Elizabeth de York, esposa de Henrique VIII, e seu nome pode ser visto em cima da assinatura de Catarina. Na primeira página do livro de salmos, alguém (talvez Elizabeth), escreveu “Nativitas Arthuri primogeneti Regis Henrici septimi” ou, em português, “O nascimento de Artur, primogênito do Rei Henrique Sétimo”, sendo este um dos poucos registros existentes da data de nascimento do príncipe Artur, o irmão mais velho de Henrique VIII e primeiro marido de Catarina de Aragão.

Não se sabe como o livro foi parar nas mãos de Catarina: se ela ganhou diretamente de sua sogra, talvez como um presente de seu casamento em 1501, ou depois da morte de Artur, quando Catarina ficou um tempo na corte dos primeiros reis Tudor, ou se o livro veio como parte das jóias da Coroa após sua coroação e casamento com Henrique VIII, em 1509. Mas sabe-se que o livro ficou em sua posse até o seu divórcio em 1531, significando possivelmente que o livro era propriedade da Coroa, e portanto, tinha que ser devolvido juntamente com as jóias reais.

elizabeth e catarinaDe qualquer forma, pode-se ler a inscrição de Catarina de Aragão: “This boke ys myn Katherina the qwene” – “Este livro é meu, Catarina, a Rainha”.

O livro foi dado para a Universidade de Exeter por Sir William Petre (1505/6 – 1572), um grande benfeitor Tudor. A data da doação é desconhecida, mas em 1567, ao se aposentar, Petre deu uma grande quantidade de livros impressos para a Universidade. é possível que o Livro de Catarina estivesse entre eles.

Petre era um funcionário de Thomas Cromwell, e tendo sobrevivido a sua queda, tornou-se Secretário de Estado de Eduardo VI e Maria Tudor, apesar de ele ter jurado lealdade a Jane Grey. Após a morte de Maria, Petre se tornou conselheiro de Elizabeth I e possivelmente foi nesse momento que adquiriu o Livro de Orações.

Bibliografia:
Week 99: Wolf Hall at Exeter – Katherine of Aragon’s prayer book. Acesso em 17 de Agosto de 2015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s