O coração roubado de Ana Bolena

'Anne Boleyn's Pickled Heart', por Heather Dixon.Após a execução de Ana Bolena, começaram uma série de histórias sobre seu corpo ter sido removido da Torre de Londres e enterrado em outro lugar. Outras lendas também surgiram sobre o coração de Ana ter sido roubado e escondido.

Uma dessas lendas é conectada com a Igreja de St Mary, Erwarton, Suffolk. De acordo com esta lenda, Ana Bolena e Henrique VIII ficaram muitas vezes em Erwarton Hall, em Suffolk, e Ana amava tanto o lugar que deu instruções de que seu coração deveria ser enterrado na igreja local. Também há versões de que ela passou um tempo lá quando criança e que disse, antes de sua execução, que os dias mais felizes de sua vida foram passados em Erwarton.

De qualquer forma, em 1837-1838, durante a reforma na Igreja de Santa Maria, um caixão em forma de coração foi encontrado na parede da capela-mor. Ele foi re-enterrado sob o órgão da igreja com uma pequena placa, marcando o local e explicando que, depois de sua execução na Torre de Londres em 19 de maio de 1536, o coração de Ana foi sepultado na Igreja por seu tio, Sir Phillip Parker. De acordo com Christopher Shay, que escreveu para o ‘Time’, o coração de Ana Bolena foi arrancado segundo as ordens de Henrique VIII, que o colocou na caixa em forma de coração e o enterrou na Igreja.

A remoção do coração na hora da morte não é estranha. Na verdade, a prática era relativamente comum na Idade Média. Outras personalidades históricas famosas como o rei Ricardo I, Roberto I da Escócia e Eleanor de Castela tiveram seus corações removidos e enterrados em outro lugar.

Lançado em 2007, o livro ‘The Encyclopedia of Useless Information’, de William Hartston diz que ‘Após Ana Bolena ter sido executada em 1536, seu coração foi roubado. Foi descoberto exatamente trezentos anos depois, enterrado embaixo do órgão de uma igreja em Suffolk’.

A historiadora Alison Weir acredita que a história seja altamente improvável ‘uma vez que o enterro de corações tinha saído de moda na Inglaterra no final do século XIV’. Ela continua dizendo que o tio em questão era, na verdade, Sir Phillip Calthorpe, que era casado com Amy (Amata) Bolena, a tia de Ana.

Ter o coração arrancado e enterrado em outro lugar era uma prática católica plenamente aceitável, de modo que, se Ana realmente fez este pedido, ele não teria sido algo vulgar para a época. A prática de enterrar corações continuou até os tempos modernos, sendo o exemplo mais famoso é do poeta Thomas Hardy (1840 – 1928), cujo coração foi enterrado em Stinsford, junto de sua primeira esposa, Emma, e seu corpo na Abadia de Westminster.

Bibliografia:
Where does Anne Boleyn haunt?’. Acesso em 23 de setembro de 2013.
GRUENINGER, Natalie. ‘Anne Boleyn’s Heart‘. Acesso em 23 de setembro de 2013.
Thomas Hardy‘. Acesso em 23 de setembro de 2013.
SHAY, Christopher. ‘Anne Boleyn’s Heart‘. Acesso em 23 de setembro de 2013.
Anne Boleyn’s Heart Continued‘. Acesso em 23 de setembro de 2013.
DIXON, Heather. ‘Anne Boleyn and her Pickled Heart‘. Acesso em 23 de setembro de 2013.

Anúncios

5 comentários sobre “O coração roubado de Ana Bolena

    • É um instrumento musical. Direto da Wikipédia: é um instrumento musical da família dos aerofones de teclas, tocado por meio de um ou mais manuais e uma pedaleira. O som é produzido pela passagem de ar comprimido através de tubos sonoros de diversos formatos, materiais e comprimentos. Os órgãos variam imensamente em tamanho, indo desde uma caixa (órgão de baú) até a monumentais caixas do tamanho de casas de 5 andares. Encontram-se sobretudos nas igrejas, de culto cristão católico e protestante, mas também em teatros e salas de concerto.

    • Como está escrito, é uma lenda. De acordo com ela, a própria Ana teria feito o pedido. Já o coração de Jane Seymour, a terceira esposa do rei, realmente teve o coração enterrado em outro lugar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s