Documentário: Dentro da corte de Henrique VIII – (Inside the court of Henry VIII, legendado, 2015)

Bom, decidi trazer um outro documentário para vocês: Inside the court of Henry VIII (2015). Foi um documentário que tenho muitas críticas e poucos elogios, pois me pareceu extremamente exagerado. A paranóia e estado de medo do reinado de Henrique praticamente começou na última década – a execução do Duque de Buckingham, por exemplo, é tida como uma das ‘únicas’ execuções do reinado de Henrique na qual a pessoa era provavelmente culpada. Muito errôneo e sensacionalista, concordo com críticas que disseram que o roteiro (e os comentários dos ‘historiadores’) pareceu ter saído de uma redação de ensino médio. Só tomando como exemplo, quem assitiu ‘Henry VII – Winter King’ já sabia do poder do Parlamento e do Conselho do rei décadas antes de Thomas Cromwell; e detalhes melhores e bem menos sensacionalistas sobre Henrique VIII e Ana podem ser vistos no documentátio ‘Henry & Anne’ de Lipscomb. Assistam e tirem suas próprias conclusões…

~ Acredita-se que o primeiro registro de um rei sendo chamado de Sua Majestade foi com Carlos V em 1519, que acreditava Sua Alteza não era bom suficiente para seu elevado status. Seu rival, Francisco, foi chamado da mesma forma em 1520, e vai além, para ser chamado do Mais Cristão e Real Majestade em 1559. Henrique VIII provavelmente estava apenas seguindo a moda. O primeiro rei inglês que exigiu ser chamado de qualquer coisa foi Ricardo II, exigindo que fosse chamado de Alteza ou Majestade. Outros reis ingleses se contentavam em ser chamados apenas de “Meu Lorde”.
¹ Existe muita discussão sobre qual a extensão dos terrenos da Igreja Católica na Inglaterra dos Tudor. No entanto, dizer 1/6 é diminuir em muito a conta: alguns autores acreditam que o número é muito maior.
² Além de diversos erros históricos, falar que Henrique tinha um exército é um dos piores. A Dinastia Tudor não tinha permissão de ter um exército, e sim um pequeno séquito de soldados, assim como qualquer família aristocrata. Não foram ‘milhares’ executados, mas sim os principais envolvidos com a rebelião (por volta de 40 pessoas).

Anúncios

5 comentários sobre “Documentário: Dentro da corte de Henrique VIII – (Inside the court of Henry VIII, legendado, 2015)

  1. Ola! Você poderia, por favor, dizer por que ” A Dinastia Tudor não tinha permissão de ter um exército”. De onde vinha essa proibição? Grata!

    • Os Tudor e outros reis anteriores não tinham exército permanente, assim como outros aristocratas não poderiam ter para evitar guerras. O que acontecia é que exércitos eram criados/levantados para uma guerra ou ocasião específica que depois era dissolvido. Antes da Guerra Civil de 1642, os Tudor e Stuart mantinham uma guarda pessoal, chamada de Yeomen of The Guard, criada por Henrique VIII, e algumas companhias locais como em Berwick on Tweed, Portsmouth e Calais. Tropas para invasão ou expedição eram criadas de acordo com a necessidade. O livro do Lawrence Stone, Causas da Revolução Inglesa, fala muito melhor sobre isso, mas estou sem ele aqui no momento :x

  2. Acho complicado classificar Henrique VIII de “o rei mais egoísta que já tiveram” sem se recordar de Eduardo I e John que vieram antes dele. Haha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s