‘Deus salve o rei’: Rodolfo de Monferrato e Henrique VIII

Conhecida no começo como ‘Game of Thrones’ brasileiro, três meses após o início de sua transmissão, iniciada em 9 de Janeiro deste ano, acredito que a novela da Globo, ‘Deus Salve o Rei’, já começou a se estabelecer como uma história ‘própria’, embora com uma trama ‘medieval’ clássica: duas famílias anseiam para tomar o trono, com uma paixão entre uma plebéia e um príncipe como romance principal.

Gostei da novela logo de início e tento sempre seguir. Desde o mês passado, no entanto, a trama de Rodolfo de Monferrato (interpretado por Johnny Massaro) começou a me lembrar cada vez mais a história de Henrique VIII, o rei mais famoso da Dinastia Tudor. Para começar, a forma com que subiu ao trono: originalmente, o herdeiro do trono seria seu irmão mais velho, Afonso (Romulo Estrela). Ele ele quem foi ensinado em todas as artes de governar, enquanto Rodolfo aproveitava a vida sem responsabilidades (como se imagina que tenha sido a vida do jovem príncipe Henrique – só que não: sabemos que o filho mais novo de Henrique VII teve uma rígida educação religiosa, com pouco contato com os ensinamentos que seu irmão mais velho, Arthur, teve para assumir o trono).

Mas ao invés de Afonso morrer para Rodolfo assumir o trono, na novela Afonso se afasta para se casar com uma plebéia e, aos poucos, Rodolfo vai assumindo poder e responsabilidade com a ‘ajuda’ de seus dois principais conselheiros.

Até o estilo de Rodolfo me recordou um pouco a idéia seguida pelos estilistas e designers de The Tudors para incorporar o rei Henrique VIII em Johnathan Rhys Meyers na série The Tudors (2007 – 2010): o uso de camisa aberta e calças de couro são seu traje mais comuns no ‘dia-a-dia’ como mostrado na novela. Bergin, parte da equipe de design da série, disse que Henrique “era uma estrela do rock de seu tempo”, de modo que ela fez seus figurinos com muito couro e tecidos “quase modernos”, com roupas apertadas ao corpo para acentuar seu físico.

Príncipes Afonso e Rodolfo com a Rainha Crisélia.

A própria avó dos Monferrato me lembrou um pouco Margaret Beaufort – devemos nos lembrar que Margaret viveu meses após a morte de seu filho, Henrique VII, e ainda participou do casamento e da corte de Henrique VIII. Claro que, no caso da novela, a Rainha Crisélia (Rosamaria Murtinho) morreu após passar por crises de insanidade, e Afonso sobe ao trono. Meses depois, abdica a favor de Rodolfo.

A vida de Rodolfo como rei me fez lembrar os retratos da vida de Henrique Tudor na televisão: sem responsabilidades com o reino, deixando-o para a responsabilidade de seus conselheiros, enquanto aproveitava a vida com comida, mulheres e caçadas. Até que conheceu Lucrécia (Tatá Werneck): no início de seu casamento, Lucrécia falha em conceber um filho e herdeiro para Rodolfo. Por esses e outros motivos, Lucrécia (após uma guerra com o outro reino) é trocada por Catarina de Lurton, Princesa de Artena (Bruna Marquezine).

A história me lembrou Ana Bolena e Catarina de Aragão: todas sabemos das dificuldades de Catarina em conceber um filho – por entres momentos de tristeza e sem vontade de se relacionar com Lucrécia, Rodolfo convida diversas mulheres para frequentar seu castelo, com quem tinha casos (em especial com a ‘cozinheira’). Quando conheceu Ana Bolena, Henrique voltou-se para o divórcio ou anulação de seu casamento com Catarina, assunto que já tinha debatido antes com o Cardeal Wolsey. Uma das primeiras propostas apresentadas à Rainha Catarina foi que ela se afastasse de seu cargo e fosse para um convento – idéia que ela recusou, obviamente. No entanto, foi isso que Lucrécia fez.

Lucrécia casa-se com Rodolfo.

Até mesmo o início do casamento de Rodolfo e Lucrécia lembra um pouco a história de Henrique VIII e Ana de Cleves: enquanto procurava uma noiva para se casar, Rodolfo recebeu um retrato pintado de Lucrécia, embora descobrisse mais tarde, pessoalmente, que ela era bem diferente da pintura. Ele já havia assumido seu compromisso com ela e era tarde demais para recusar o compromisso quando ela veio pessoalmente à sua corte. Nessa época da novela, Rodolfo visitou e conheceu diversas princesas, nenhuma das quais o agradou. Foi um período bem similar de quando Jane Seymour faleceu e Henrique, a contragosto, começou a procurar por uma nova esposa.

Não nos esquecemos que para se separar de Lucrécia (que foi pega nua com um dos conselheiros do Rei em uma ‘armadilha’ montada por um de seus conselheiros, acusando-a de trair o rei), Rodolfo funda sua própria religião, indicando um de seus conselheiros como seu chefe religioso. Além disso, para convencer Rodolfo a se separar de Lucrécia,  a Princesa Catarina, embora já não fosse virgem e tivesse se deitado com Rodolfo antes, diz que não consumará a relação dos dois enquanto seu casamento com Lucrécia não fosse anulado.

Catarina diz a Rodolfo que eles não dormirão juntos enquanto ele não se separar.

Além da aparência e algumas atitudes – como não se entregar até o casamento – a agora Rainha Catarina também tem outras semelhanças com Ana Bolena. Até os últimos capítulos dessa primeira semana de Abril/2018, Catarina reclama que não consegue ter relações com Rodolfo o suficiente para ter um filho. Acredita-se que ela irá trair o rei com Virgílio, um de seus conselheiros e comerciantes da cidade, com quem irá usar para ter um filho. Caso a novela começar a se parecer mais com a história dos Tudor, atualizarei a publicação! E vocês, o que têm achado da novela?

 

9 comentários sobre “‘Deus salve o rei’: Rodolfo de Monferrato e Henrique VIII

  1. Comecei lendo e pensando: “nada a ver, isso é uma coincidência super mínima com a história dos Tudors”… “Nossa, mas isso pode acontecer em qualquer história uai” e por fim: “tá plagiando a história Tudor toda!!!” Tô chocada! Hahahah

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s