Deixe um comentário

Soberano

soberano

No outono de 1541, uma caravana se desloca pelas estradas de Yorkshire. O rei Henrique VIII e toda a sua corte se dirigem a York, a fim de presenciar a rendição da cidade, palco de uma rebelião papista.

Naquela cidade ao norte de Londres, encontram-se Matthew Shardlake e seu assistente Jack Barak. Além de tratar dos aspectos jurídicos das petições formuladas pelos habitantes locais, Shardlake, com relutância, aceita uma missão especial, conferida pelo arcebispo Cranmer: garantir a segurança de um perigoso conspirador que deve ser levado a Londres para interrogatório.

Mas os acontecimentos tomam um estranho rumo. A morte de um vidraceiro enreda Matthew Shardlake em mistérios mais profundos, ligados não apenas ao prisioneiro do castelo de York, mas à própria família real. E quando o advogado e seu assistente descobrem um esconderijo de documentos secretos que podem colocar em risco o trono de Henrique VIII, desenrola-se uma série de acontecimentos que os levará a enfrentar o mais aterrorizante destino da época: a Torre de Londres.

Nome do Livro no Brasil: Soberano
Nome Original: Sovereign
Escrito por: C. J. Sansom
Publicado no Brasil em: 2008
Editora: Record
Nº de Páginas: 624

Deixe um comentário

Fogo Negro

fogo negro

Em pleno verão de 1540, o mais quente do século, Shardlake se envolve com um caso de assassinato, em que defende uma jovem acusada da morte brutal do primo mais novo. O caso o coloca outra vez em contato com Cromwell — e uma nova e misteriosa incumbência: encontrar a fórmula do Fogo Negro, a lendária substância com que os Bizantinos destruíam os navios árabes.

Perdido durante séculos, o material foi encontrado na biblioteca de um mosteiro londrino. Shardlake é enviado para investigar, mas encontra apenas os corpos de dois homens brutalmente assassinados. O advogado se envolve então numa caçada vertiginosa pela Londres dos Tudor ao mesmo tempo em que tenta provar a inocência de sua cliente.

Turbulência política e convulsão social se mesclam magistralmente num romance que recria toda a corrupção e tensão religiosa da Inglaterra durante o reinado de Henrique VIII.

Nome do Livro no Brasil: Fogro Negro
Nome Original: Dark Fire
Escrito por: C. J. Sansom
Publicado no Brasil em: 2007
Editora: Record
Nº de Páginas: 560

2 Comentários

Dissolução

dissolução

No Inverno de 1537, a Inglaterra encontra-se dividida entre os que são fiéis à Igreja Católica e aqueles que são leais ao rei e à nova Igreja inglesa. Quando um dos seus comissários é assassinado num mosteiro, em Scarnsea, na costa sul de Inglaterra, Thomas Cromwell, o temido vigário-geral de Henrique VIII, convoca Matthew Shardlake, “o corcunda mais perspicaz dos tribunais de Inglaterra”, para liderar a investigação.

Nome do Livro no Brasil: Dissolução
Nome Original: Dissolution
Escrito por: C. J. Sansom
Publicado no Brasil em: 2005
Editora: Record
Nº de Páginas: 432

Deixe um comentário

Shakespeare e a Economia

Arte-Shakespare.indd

Shakespeare, um empresário milionário do ramo do entretenimento de massa? Gustavo Franco e Henry Farnam abordam aqui o tema de diferentes formas. Visões complementares que revelam uma nova e interessante faceta da vida e obra do bardo. Franco, num ensaio atual, fala da economia do teatro, da linguagem e das companhias teatrais, sua organização e seus resultados financeiros, além de surpreender o leitor com cálculos que mostram como Shakespeare era dono de uma fortuna considerável. Farnam discorre sobre a economia no interior das peças, numa mescla de situações que compõem um interessante painel sobre o surgimento do capitalismo.

Nome do Livro no Brasil: Shakespeare – o Mundo é um Palco
Nome Original:
Escrito por: Henry W. Farnam e Gustavo H.B. Franco
Publicado no Brasil em: 2009
Editora: Zahar
Nº de Páginas: 232

Deixe um comentário

Shakespeare – o Mundo é um Palco

bryson

William Shakespeare (1564-1616) foi, sem margem para discussão, o mais importante escritor de língua inglesa de todos os tempos.A seu respeito são publicados a cada ano centenas de estudos pelo mundo afora. No entanto, quase nada se sabe acerca de sua vida. As imagens de seu rosto que nos habituamos a reconhecer, por exemplo, ou foram feitas por artistas que não o conheceramou simplesmente são retratos de outra pessoa. E sua própria assinatura aparece grafada de maneiras diferentes nos seis documentos sobreviventes firmados de próprio punho pelo escritor. É em torno desse paradoxo que se desenvolve este pequeno e robusto livro.Ao longo dos últimos quatro séculos,com base nos escassos dados biográficos do bardo de Stratford-upon-Avon, leitores, críticos e estudiosos construíram seus diferentes Shakespeares. Algumas teorias são extravagantes ao extremo. Para uns, a obra shakespeariana teria sido escrita pelo filósofo Francis Bacon; para outros, por um grupo de sábios; para outros ainda, por uma mulher.

Boa parte deste volume se dedica a refutar uma a uma essas fantasias, limpando o terreno para que possamos começar a conhecer, ou pelo menos a intuir, quem foi de fato esse escritor tão extraordinário. Servindo-se de uma extensa e rigorosa pesquisa de documentos primários e estudos sobre Shakespeare, além de uma leitura arguta de sua própria obra poética e teatral, o autor empreende uma verdadeira história do cotidiano da Inglaterra na época do bardo, sobretudo na conturbada Londres elizabetana e jacobina, onde ele brilhou como ator e dramaturgo durante pouco mais de vinte anos. O resultado desse empenho é um relato caloroso e cheio de humor que não dissipa – nem pretende fazê-lo – as espessas brumas que envolvem a figura de Shakespeare, mas transmite ao leitor de hoje a dimensão humana de um dos maiores gênios que a literatura já produziu.

Nome do Livro no Brasil: Shakespeare – o Mundo é um Palco
Nome Original:
Escrito por: Bill Bryson
Publicado no Brasil em: 2008
Editora: Companhia das Letras
Nº de Páginas: 200

Deixe um comentário

Como Shakespeare Se Tornou Shakespeare

shakespeare

William Shakespeare alcançou o sucesso ainda em vida, como dramaturgo e homem de negócios. Sua fama, no entanto, não foi suficiente para que seus contemporâneos tivessem interesse em registrar o que sabiam sobre ele enquanto as lembranças ainda eram recentes. Portanto, toda e qualquer biografia a respeito de Shakespeare está fadada a conter inevitáveis lacunas, o que torna a tarefa um exercício em boa parte especulativo. Porém, para responder à pergunta de como Shakespeare se tornou Shakespeare, o acadêmico norte-americano Stephen Greenblatt propõe uma interpretação original e inovadora da obra do autor, estabelecendo vínculos inesperados entre um espetáculo apresentado à rainha Elizabeth numa de suas visitas ao campo durante a infância de Shakespeare e algumas passagens de Sonho de uma noite de verão; entre o catolicismo clandestino de sua família e o fantasma que assombra Hamlet; entre o enforcamento de um médico judeu em Londres e O mercador de Veneza; entre a morte de Hamnet, filho do dramaturgo, e a mais famosa cena fúnebre da literatura, em que Lear chora a perda de sua querida filha Cordélia. Este livro é um estudo inspirado e indispensável sobre os mecanismos mentais do maior dramaturgo de todos os tempos.

Nome do Livro no Brasil: Como Shakespeare Se Tornou Shakespeare
Nome Original:
Escrito por: Stephen Greenblatt
Publicado no Brasil em: 2011
Editora: Companhia das Letras
Nº de Páginas: 456

%d blogueiros gostam disto: