Arquivo de Tag | amante

Os anos celibatários de Henrique VIII

A menopausa de Catarina de Aragão ocorreu por volta de 1525, depois de sete anos sem filhos. Por volta de 1527, Ana tinha ganhado a atenção do rei Henrique VIII, recusando-se em se tornar usa amante. No ano seguinte, o rei disse ao Cardeal Campeggio que ele não tinha tido relações sexuais com Catarina há […]

Avalie isto:

Margaret Skipwith de Ormsby: a última amante de Henrique VIII

A vida amorosa de Henrique VIII foi notoriamente complicada, embora, ao contrário da maioria de seus contemporâneos reais, ele tendia a se casar com mulheres que poderiam ter sido somente suas amantes. A morte de Jane Seymour em 1537 o deixou sem uma candidata imediata para uma quarta esposa. Por alguns breves meses em 1538, […]

Avalie isto:

O relacionamento de Maria Bolena e Francisco I

Maria Bolena era a irmã mais velha de Ana Bolena, segunda esposa de Henrique VIII e rainha consorte da Inglaterra. Maria nasceu por volta de 1500, em Blicking Hall, sendo a primeira filha de Thomas Bolena e Elizabeth Howard. A infância de Maria é relativamente desconhecida, mas supõe-se que ela foi educada com as qualidades […]

Avalie isto:

Henrique VIII teve um caso com Anne Hastings?

Em maio de 1510, Henrique VIII supostamente teve um desvio do leito conjugal de Catarina de Aragão, tendo um caso com Anne, Lady Hastings, uma irmã de Eduardo Stafford, Duque de Buckingham. Na verdade, livro após livro afirma categoricamente que Anne foi amante de Henrique, pelo menos por um curto período de tempo. Anne era […]

Avalie isto:

Elizabeth Blount

Elizabeth Blount, mais conhecida como “Bessie” Blount, foi a primeira amante reconhecida de Henrique VIII. Ela nasceu em 1502 em Kient, Shropshire. Ela era filha de Sir. John Blount e Catarina Pershall. Seu pai era um fiel servo da Família Real, que acompanhou o Rei Henrique a França em 1513, quando ele travou guerra contra […]

Avalie isto:

Diário, 17 de Julho de 1526

este dia sinto-me em grande confusão, ao mesmo tempo desconsolada e feliz. O meu bom amigo Thomas Wyatt resolveu exilar-se em Roma, voluntariamente e porque as circunstâncias assim o exigiam. E estou a ser cortejada pelo rei de Inglaterra. Estes dois fatos interligados rodeiam-me como silvas, atordoada por as coisas terem chegado a estes extremos. […]

Avalie isto: