18 de Junho de 1529: Catarina de Aragão poderia ter mentido?

Em 1529, um tribunal eclesiástico, presidido por um representante do Papa, foi criado para julgar a validade do casamento entre Henrique VIII e sua primeira esposa, Catarina de Aragão. O julgamento foi realizado no Blackfriars Priory, em 18 de junho, e rei e rainha foram convocados para comparecer perante o tribunal. Continuar lendo

Os anos celibatários de Henrique VIII

Henrique e Ana

A menopausa de Catarina de Aragão ocorreu por volta de 1525, depois de sete anos sem filhos. Por volta de 1527, Ana tinha ganhado a atenção do rei Henrique VIII, recusando-se em se tornar usa amante. No ano seguinte, o rei disse ao Cardeal Campeggio que ele não tinha tido relações sexuais com Catarina há dois anos, embora eles partilhavam a cama para manter as aparências. Continuar lendo

O rei e suas cinco esposas: Os Amores de Henrique VIII (1933)

posterUm dos filmes mais conhecidos sobre o rei Tudor, “The Private Life of Henry VIII” é curioso pois começa com a execução de Ana Bolena, sua segunda esposa. Alexander Korda, o diretor, estava à procura de um projeto que fosse apropriado para o ator Charles Laughton e sua esposa, Elsa Lanchester e originalmente, a história iria se concentrar exclusivamente no quarto casamento do rei com Ana de Cleves, mas o projeto cresceu para incluir as cinco últimas esposas de Henrique: a primeira, Catarina de Aragão, foi omitida porque os envolvidos no projeto não tinham nenhum interesse em mostrá-la, descrevendo-a apenas como uma ‘senhora respeitável’ em um dos interlúdios do filme.

Merle Oberon, que se tornaria uma das atrizes mais belas de Hollywood nas décadas de 1930 e 1940 teve um papel relativamente pequeno no filme como Ana Bolena. No entanto, foi uma aparição memorável, e a atriz tornou-se fascinada pelo seu personagem, pendurando até um retrato de Ana em seu apartamento. Sua frase mais marcante durante o filme foi, “Não é uma pena perder uma cabeça como essa?” Continuar lendo

24 de Janeiro de 1536: O dia que mudou Henrique VIII

_Renaissance_FestivalO dia 24 de Janeiro de 1536 mudou o rei Henrique VIII, e não para melhor. Catarina de Aragão tinha morrido no início do mês, e é provável que o rei estivesse em um estado de espírito jubiloso. A morte de sua ex-esposa pôs fim a mais de uma década de disputa sobre a validade de seu casamento, e as relações conflituosas com a Espanha agora poderiam ser restauradas. Ana Bolena, sua nova rainha e esposa, estava grávida novamente e esta criança certamente seria seu almejado herdeiro. O mês de Janeiro foi repleto de festas, dança e um torneio. Henrique, amante de esportes, decidiu competir. Com mais de quarenta anos e mais pesado do jamais tinha sido, o rei era sensível sobre sua destreza física. Continuar lendo

Festival “Catarina de Aragão” será de 26 à 29 de Janeiro de 2017

Todo ano a Catedral de Peterborough na Inglaterra comemora a vida de Catarina de Aragão, a primeira esposa de Henrique VIII, uma mulher de significativa importância histórica que foi sepultada na mesma Catedral em 1536. Oficialmente, o festival começou no dia 26 de Janeiro com uma missa católica romana na Catedral de Peterborough, oferecida em reconhecimento à fé católica de Catarina de Aragão.

No dia 27, haverá uma missa na Catedral, depois um serviço de comemoração, com a presença de escolas de dignatários locais, que irão colocar flores na tumba de Catarina; uma visita guiada (entradas esgotadas), uma oficina de alimentos e música do período (também esgotada), uma palestra oferecida pela historiadora Dr. Suzannah Lipscomb com o tema “Caráter e Consciencia: a Dinastia de Rainhas Católicas”.

No dia 28, será oferecido uma visita com os Tudor no Museu de Peterborough, com atores vestidos como os personagens Tudor; depois uma ‘Audiência Real’ com Henrique VIII e Catarina de Aragão, depois uma visita guiada pela Catedral.

No dia 29, serão oferecidas as mesmas coisas do dia 28, mais a tradicional caminhada de Peterborough, iniciando no Museu e terminando na Catedral.

Fonte: Peterborough Cathedral.